Geral no compromisso

Dividir as metas com a equipe é a única forma de poder alcançá-las

2012 já começou e está a todo vapor. Tenho ouvido de todos os lados que o movimento, o trabalho, os negócios já estão nos mesmos níveis dos meses de alta produtividade. Os planos para o ano já devem estar todos prontos, com seus responsáveis já dando início às atividades, certo?

Não?! Então já estamos começando atrasados, mas ainda é tempo de recuperar o que parece estar escapando de nossas mãos. Se sim, se as decisões quanto ao próximo período já foram tomadas, é preciso verificar se todos estão a par das metas do ano e, mais do que isso, do que é necessário fazer para que esses objetivos sejam, de fato, atendidos.

Muitas empresas ficam preocupadas em dividir metas com os colaboradores, temendo que isso vá parar na concorrência. Realmente pode acontecer, mas como fazer para nossas equipes atingirem suas metas se elas sequer sabem o que buscar? Fazer de nossa estratégia um grande segredo não vai colaborar.

O primeiro bimestre do ano é o período perfeito para compartilhar planos. Pode ser que você, como líder, acredite que alguns detalhes não devem ser divididos. Sem problemas. Mas divida o objetivo, a meta, para que juntos possam construir o caminho para chegar até ela.

Simplifique o seu planejamento estratégico, defina duas ou três metas, no máximo, para que sejam apresentadas a todos os colaboradores. Faça isso como se fosse uma nova campanha. O que queremos para este ano é: “………………”. Se todos souberem, poderão ser guardiões dessas estratégias e ajudarão a garantir que se tornem realidade.

Se for possível, faça uma reunião com todos os colaboradores e aproveite esse momento para uma contrapartida de cada um. Apresente as estratégias, diga tudo o que é relevante e principalmente o quanto você precisa deles, de cada um, exercendo firmemente seu papel, para que se tenha sucesso.

Aproveite e solicite que todos, um a um, entreguem por escrito qual o compromisso deles para o ano. Com o que você vai poder contar? Onde eles vão focar?

Use isso como mais uma ferramenta de gestão para conversas de feedback, reconhecendo ou mesmo cobrando a atitude apresentada como compromisso. No final do ano, com certeza você vai poder colher os frutos desse investimento.

Teresa Campos Salles, diretora da TECS Consultoria e Desenvolvimento é formada em Administração de Empresas, com especialização em Desenvolvimento Humano e em Gestão por Competências.
teresa.salles@tecsconsultoria.com.br

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *