Índice Nacional de Preços da Motelaria 2014

Guia de Motéis apresenta relatório inédito com índice de preços da motelaria

Todo início de ano é a mesma coisa: motéis de todo o Brasil se planejam para reajustar o preço de suas suítes. Mas esse processo é sempre acompanhado por uma série de dúvidas: para quanto aumentar? No que se basear? Existe um padrão? Como funciona nos outros motéis? E, devido à falta de um norte, tem quem acabe errando a mão, com suítes inflacionadas ou baratas demais.

Para ajudá-los a explorar esse complicado território de reajuste de preços, aproveitamos – mais uma vez – o Sistema de Informações Guia de Motéis, sistema no qual se concentram todas as informações sobre motéis e que nos dá base para desempenharmos todos os serviços do Guia de Motéis. Com esse sistema, que é alimentado diariamente a partir de incontáveis atualizações, pudemos criar o Índice Nacional de Preços da Motelaria, o INPM. “O INPM é essencial para o segmento, pois é através dele que podemos fazer uma análise concreta e assertiva a respeito da movimentação do mercado. Com dados tão profundos, o índice se torna uma ferramenta valiosa para os moteleiros”, avalia o Diretor Executivo do Guia de Motéis, Roberto Discher.

Para que o INPM se torne um índice sério e bem elaborado, que possa servir de alicerce para o moteleiro e se tornar parâmetro para entender o mercado, contamos com a ajuda da Confirmatória, uma empresa especializada em estatística e metodologia. “Eles desenvolveram fórmulas que pudessem conversar com nossos dados e apresentar informações relevantes”, explica Discher.

O INPM apresenta os seguintes dados sobre o mercado: média da suíte mais barata, média da suíte mais cara e variação de preços durante o ano. Todos eles se referem ao ano de 2014 e, segundo o matemático Daniel Oliveira, responsável pela elaboração, “com o índice é possível que o moteleiro avalie a concorrência”.

Os dados de 2014 apresentados a seguir se referem às principais capitais do país: Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Salvador, Goiânia e Distrito Federal. Eles serão apresentados anualmente, nas primeiras edições da Moteleiro.

mapa

 

sp (1)

 

rj

 

ranking

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *