MotelCast #26: Motel sem cozinha?

Manter uma cozinha funcionando 24 horas por dia pode não ser uma opção muito rentável para alguns motéis, não é mesmo? O MotelCast edição #26 convidou os moteleiros Vinícius Roveda (Zeax Motéis – SC) e Eduardo Stedile (Luv Motéis – RS/SC) para contarem suas experiências e discutirem sobre até que ponto é viável ter esse serviço dentro do estabelecimento. 

Considerado um serviço caro por alguns, a cozinha de um motel é geralmente responsável por uma fatia muito pequena do faturamento, podendo até gerar prejuízo. Afinal, ter esse tipo de serviço requer investimentos com quadro de funcionários, produtos alimentícios e inclusive preocupação com a vigilância sanitária. Por outro lado, oferecer refeições aos clientes pode ajudar a construir a imagem do motel e serve como atrativo para o público. 

Fechar essa conta pode estar em medidas simples, como diminuição do horário de funcionamento da cozinha, utilização de comidas supercongeladas, incentivo de aplicativos de entrega como o iFood e retirada do frigobar. Duvida? Ouça a nova edição do MotelCast e tire suas próprias conclusões.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *