Tchau, querida! ;-)

Chegou a hora de dizer tchau para a crise. Ou melhor, adeus. Adeus, crise desgraçada e @#$% que tirou o sono de milhares de moteleiros e empresários do Brasil inteiro. Adeus, 2014, que foi quando tudo começou e o Brasil recebeu a Copa do Mundo, como se nada estivesse acontecendo. Adeus, 2015, que já foi ruim e que a gente não imaginava que poderia ficar pior ainda. Adeus, 2016, quando achamos que era o final da crise e que o Rio de Janeiro fosse bombar com as Olimpíadas. Adeus também para 2017, que foi uma verdadeira porcaria e adeus para 2018, que, enfim, começou a dar sinais de melhora.

Adeus às incertezas e noites em claro. Adeus ao frio na barriga e ansiedade por não saber o que está por vir. Adeus às lamentações de que a conta não está fechando. Adeus ao corte na verba de publicidade, que só faz as coisas piorarem. Adeus também ao desemprego, que, aos poucos, vai cedendo e gerando espaço para novas oportunidades de trabalho. Adeus ao dólar a R$ 4,19 e também ao euro a quase cinco paus. Adeus. Vocês não vão deixar nenhuma saudade. Só aprendizado, pois, com a crise, aprendemos que não há mal que nunca acabe, e agora vai acabar. Aprendemos também que sempre dá para cortar alguma despesa, coisa que fiz e vi fazerem com muita eficiência.

Que venha 2019 com o novo governo, que independentemente de ideologia ou partido, promete ser diferente de todos que já tivemos antes. Que venha a reforma da Previdência, a reforma tributária, o corte de despesas da máquina pública e tudo mais que um governo precisa fazer. Que venham os 12 milhões de empregos que estão faltando e também a volta do poder aquisitivo e do crédito. 

Que venham as reformas naquelas suas suítes que estão implorando por um retrofit e já deram o que tinham que dar e também, finalmente, aquela nova fachada cujo projeto você engavetou.
E quem sabe aquele novo motel naquele ponto que você estava de olho?

Que venha a grana e também o crédito para você fazer tudo isso e muito mais. E, finalmente, e não menos importante: que voltem os clientes que estão loucos para frequentar os motéis pelo Brasil afora e pararam por falta de dinheiro.

2019, seja muito bem-vindo!

Rodolfo Elsas

Diretor do Guia de Motéis

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *