Temos reservas

Com o aplicativo guia de motéis go, o moteleiro disponibiliza as suítes de seu motel para serem reservadas poucos minutos antes de o cliente chegar

Por Daniele Amorim e Lucilene Oliveira

Final de expediente no trabalho é sinal de que chegou a hora de relaxar. Entre pedir comida pelo celular ou tomar uma cerveja, o cliente opta por usar um aplicativo que permite descontos naquele barzinho favorito. Sozinho? Muito pouco provável. O usuário decide então mandar mensagem para aquela pessoa que conheceu em um app de encontros e ela responde: “Te encontro no bar, mas o que acha de irmos em um lugar mais reservado?”. Mas o problema é: será que dá para encontrar aquela suíte de motel especial em tão pouco tempo?

Do mesmo jeito que é possível pedir comida, chamar um táxi, reservar um restaurante e até conhecer novas pessoas por meio de aplicativos, reservar uma suíte de motel também pode ser feito pelo celular. O Guia de Motéis lançou o app guia de motéis go, compatível com celulares Android e iOS, para dar total conveniência para o cliente que quer ir ao motel, e ter a certeza de que, chegando lá, haverá uma suíte, do jeito que ele gosta e dentro do seu orçamento, pronta pra ele. O aplicativo identifica a localização do usuário e lista os motéis mais próximos por ordem de distância, oferecendo as opções de suites, detalhes, preços e períodos das hospedagens e, principalmente, a disponibilidade delas. O pagamento também é feito pelo aplicativo com o cadastro do cartão do crédito. Então, é só reservar e ir! 

Roberto Discher, CEO do Guia

A ideia de facilitar a ida do cliente ao motel não é nova. O Guia de Motéis notou a mudança ao entender que parte de seu público começou a acessar majoritariamente o conteúdo do site pelo celular. ”Percebemos que, após 2008, o tráfego de usuários do Guia migrou para a versão mobile”, afirma o CEO do Guia, Roberto Discher. Atualmente, 85% dos acessos são via mobile. 

Para implementar a prática das reservas imediatas das suítes de motel, o Guia lançou um protótipo do que viria a ser o projeto do guia de motéis go. A ferramenta de reservas foi adicionada ao aplicativo do Guia em 2015 para ser validada por moteleiros e seus usuários. Durante o período de testes, o pagamento não era incluído no processo da reserva.
No entanto, a falta da ferramenta não foi um empecilho. O piloto deu tão certo que, em dois anos, gerou receita de R$ 861 mil em hospedagens para os motéis participantes. “Sabíamos da frustração dos usuários que iam ao motel e não conseguiam a suíte desejada”, explica o CEO do Guia. “Os clientes viram a novidade como uma inovação ao apresentarmos um serviço diferenciado de acordo com as demandas.”

Silas Augusto, diretor de arte do Guia de Motéis

A marca aproveitou a 56ª edição da Equipotel para lançar o guia de motéis go no estande Motel Design, organizado pela ABMotéis. Como a empresa já possuía quase uma centena de motéis integrados, o aplicativo foi lançado com um expressivo número de locais já disponíveis para serem reservados. Seu outro diferencial é o modo como o fluxo de navegação funciona. “A navegação é simples. Em três toques, a suíte já está reservada e quando o usuário chegar ao motel o quarto estará esperando por ele”, explicou o diretor de arte do Guia de Motéis, Silas Augusto. Ele foi o responsável pela interface do usuário no aplicativo. A simplicidade de todo o processo de reserva também foi apontada pelo usuário Paulo Campos, de São Paulo: “Apresentei-me ao chegar ao motel e, como já estava pago, a entrada e saída foram bem rápidas”.

Os dois anos de testes foram essenciais para definir as estratégias de comunicação. E, ao conversar com uma das usuárias do aplicativo, a técnica em estatística Juliana Costa, ficou evidente que todo o esforço valeu a pena. No último mês, ela e o marido, o também técnico estatístico Daniel Oliveira, testaram o app e elogiaram as funcionalidades da solução, que permitiram ao casal viver essa nova experiência de ir ao motel. “Estávamos acostumados a escolher a suíte na recepção, sem poder escolher o espaço com calma, e, na maioria das vezes, não era um lugar com a nossa cara e com os serviços que queríamos usufruir, mas dessa vez foi totalmente diferente”, destacou Juliana. Ela conta que, antes de sair de casa, o casal usou os filtros do app para escolher uma suíte com sauna e hidromassagem, além de se certificar de que o quarto fosse espaçoso e limpo. “Foi muito importante porque tivemos tempo para a escolha e não corremos o risco de chegar no motel e encontrar todas as suítes ocupadas”, destacou Oliveira.

A facilidade em utilizar o aplicativo não é somente do usuário final – o moteleiro que estiver interessado na ferramenta pode ser facilmente inserido na plataforma. Para estar no guia de motéis go, é necessário que o local seja previamente gerenciado por um sistema de automação para que, quando a reserva seja feita via app, o sistema do motel já bloqueie a suíte a ser utilizada. Os softwares que já estão integrados com a plataforma do Guia são: Bitz, Microtecs, Ecxus e Nova Visão. E além desses, as empresas Fênix, MRP e Nova União já estão em fase final de homologação. No entanto, se o motel utiliza um sistema que não esteja listado, o empresário deve solicitar ao seu fornecedor que realize a integração com o app. O processo é simples e a equipe do Guia de Motéis oferece total suporte aos parceiros da área de software.

“O app que faltava na sua vida!”

Esse foi o slogan escolhido para que os ouvintes das principais rádios de São Paulo (a primeira praça a receber investimentos de publicidade) ou quem passar pelas rodovias de acesso à capital paulista sejam impactados a partir de janeiro de 2019 com o início da campanha de lançamento do app guia de motéis go. Na onda de que já é possível fazer tudo pelo celular, a campanha tem o objetivo de demonstrar que o único app que faltava no seu celular agora está disponível no Google Play e Apple Store.

Desenvolvido a seis mãos, com diversas reuniões entre os gestores do Guia de Motéis, os diretores da agência OMZ e o Departamento Criativo da equipe de publicidade, o slogan foi a maneira mais simples e prática encontrada para comunicar o público-alvo em potencial de que a maneira de ir ao motel mudou: agora também dá para reservar a suíte dos sonhos em um dos motéis cadastrados momentos antes de chegar ao endereço. “A campanha busca comunicar que está próximo o fim de uma era em que as pessoas chegavam à porta do motel sem qualquer agendamento e torciam para encontrar uma das suítes vagas”, destacou a diretora executiva de Atendimento e Criação da OMZ, Mayra Cordeiro.

A partir do cruzamento minucioso dos hábitos de consumo dos heavy users de motéis com os do público-alvo em potencial para a solução, a equipe de marketing do app definiu três meios de comunicação para destinar a verba de cerca de R$ 1 milhão de comunicação. “Para não concorrer com as ações do varejo de fim de ano, que incluem a Black Friday e as promoções de Natal, apenas a campanha de rádio terá início no começo de 2019. Em janeiro, iniciamos as inserções com força total”, disse o CEO da agência OMZ, Davi Simões. Ele destacou que serão mais de mil inserções incentivando os ouvintes a baixarem o guia de motéis go em seis semanas de campanha. O plano da empresa é expandir o uso do aplicativo para Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro e para as capitais do nordeste no primeiro semestre de 2019.

Com o objetivo de romper qualquer tipo de tabu que ainda possa existir entre os casais em relação a frequentar constantemente os motéis, a empresa de marketing está focando em peças divertidas, com uma boa pitada de bom humor e de cunho informativo sobre as funcionalidades do app. “O objetivo de comunicação não é trazer a questão sexual, mas levar para o cotidiano das pessoas, usando o tom leve do dia a dia”, completou Simões.

Guilherme Sebastiany, sócio da empresa responsável pelo desenvolvimento da identidade da marca

Além da quebra de paradigmas, toda a construção da marca do aplicativo precisou levar em consideração a importância de demonstrar para os usuários que, diferentemente da rede hoteleira, em que o agendamento das hospedagens é feito para semanas posteriores, no motel, o agendamento é para a mesma hora. “Essa é uma reserva para ir agora e essa ação precisava ficar muito clara”, comentou Guilherme Sebastiany, sócio da Sebastiany Branding, em relação aos principais desafios de seu trabalho de pensar estrategicamente a marca do novo app. Ele e seu sócio, Akira Goto, responsável pelo desenvolvimento da identidade de marca, chegaram ao conceito que foi abraçado por todos os envolvidos no processo de criação. “Ao definir os nossos objetivos de comunicação, ficou claro que precisávamos ter o sufixo ‘go’, pois ele remete ao conceito que queremos comunicar”, finalizou Sebastiany.

Mais de dois anos de testes, de aperfeiçoamento do software e um intenso trabalho de definição das estratégias de comunicação tinham um único objetivo: a necessidade da atualização do motel para atender de forma plena seus clientes. “Nos últimos anos, o segmento moteleiro vem se modernizando para acompanhar seus clientes, que valorizam muito a experiência, e o aplicativo vem para dar suporte a essa evolução”, disse Ricardo Rafael Monteiro, do Apple Motel – o primeiro a oferecer reservas por meio do guia de motéis go. A observação de Monteiro vai na mesma linha da feita por Discher: “Foram criados aplicativos para cada segmento, e o usuário já estava sendo educado para esse tipo de consumo. Só faltava unir as duas pontas: o Guia de Motéis e os motéis que tínhamos como parceiros”. 

A ideia é que, nos próximos anos, com o crescimento do app, o hábito de ir ao motel sem a reserva previamente se torne algo obsoleto. Com a tecnologia aliada ao processo e a cultura popular de ter acesso a vários serviços por meio de aplicativo, a projeção de Discher é que essa mudança aconteça em um prazo de até cinco anos. O aplicativo possui atualmente quase 100 motéis inscritos em sua base de dados, e a projeção do guia é de que esse número triplique em 2019. E para o futuro do app, o guia estuda a inclusão dos serviços oferecidos dentro do motel, como refeições e decoração, para que o usuário faça a compra completa de sua experiência antes mesmo de chegar ao local. A pergunta que fica é a seguinte: você, moteleiro, vai fazer parte desse time ou insistir em um modelo de atendimento de 50 anos atrás?

Suíte do Apple Motel em São Paulo (SP), o primeiro a oferecer reservas utilizando o app

______________

Serviço

Para saber mais e não ficar de fora do aplicativo que vai mudar para sempre o jeito de ir ao motel, entre em contato com a equipe do Guia de Motéis! 

Guia de Motéis: guiademoteis.com.br  |  0800 727 0109 ou 11 5694 0500

Confira a seguir quais são os sistemas integrados com o guia de motéis go e como entrar em contato com eles:

Bitz

bitzsoftwares.com.br

(46) 3025-2515

Ecxus

ecxus.com.br

(62) 3236 9900

Fênix

sisfenixmoteis.com.br

(31) 99913-2541

Microtecs

microtecs.com.br

(27) 3361-4405

MRP

netcorpore.com.br

(31) 3597-1497

Nova União

novauniaoinformatica.com.br

(11) 2785-2016

(11) 3223-7834 | 3222-2353

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *