Vai sonhando

Entre os meses de abril e maio deste ano, aconteceu mais uma edição do Festival Chefs no Motel, que é organizado pela AB Motéis e por nós aqui do Guia. Nesse evento, alguns motéis contratam chefes midiáticos para elaborar pratos de alta gastronomia para seus cardápios, enquanto outros dão belíssimos upgrades em suas cozinhas, todos com um objetivo em comum: provar para todo mundo que os motéis são muito mais do que quatro paredes e uma cama.

O único problema é que somente dez dos mais de QUATRO MIL estabelecimentos do Brasil participaram dessa ação, ou seja, apenas 0,25% de todo o segmento. E esse número não sai da minha cabeça.

Sei que participar de um festival de gastronomia, em que é preciso que os motéis elevem o nível de suas cozinhas, não é para todos os tipos de estabelecimentos e públicos espalhados pelo país, mas vamos fazer um corte e pensar que no Brasil temos, pelo menos, 500 desses motéis. Nesse caso, o número de participantes subiria para 2%. Muito baixo ainda, né?

Mas oito desses dez participantes, que são de São Paulo, tiveram a louvável iniciativa de fazer uma vaquinha de 50 mil reais para divulgar o evento entre rádios da capital. O resultado: foram registrados aumentos de até 83% nas refeições vendidas nesses motéis, quando comparado ao ano anterior.

Agora imagine se ao em vez de oito motéis, tivéssemos 100. E se a vaquinha fosse de 500 mil ao em vez de 50. E se isso acontecesse anualmente por anos e anos a fio. Será que aí não estaríamos com uma imagem diferente diante da opinião pública? Será que aí não quebraríamos o preconceito existente em torno das cinco letrinhas que, juntas, compõem a maravilhosa palavra MOTEL e atrairíamos as novas gerações, que sempre estão à espera de novidades e quebra de padrões? Será que, com atitudes como essa, não conquistaríamos aqueles casais que já não frequentam as nossas suítes há anos? E também aqueles que nunca pensaram nessa possibilidade?

Mas já me falaram para parar de sonhar com essa utopia. Só que eu ainda acredito que posso encontrar mais gente para sonhar comigo. Bora?

Rodolfo Elsas,
Diretor do Guia de Motéis
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *