Você é responsável pelo seu sucesso

2015 se inicia como um ano difícil para a economia do país. Em quatro meses, pudemos observar aumento na taxa da conta de luz, no dólar, no combustível e na comida, além dos problemas com a falta d´água. Todas essas questões fazem com que tenhamos que abandonar a zona de conforto em que muitas vezes nos colocamos.

Nesses momentos, nossos nervos ficam à flor da pele a todo instante, 24 horas. Cálculos, custos, adequação de preços, otimização de serviços, a procura da gestão perfeita… Infinitas sugestões e ideias são debatidas em conversas, formais ou informais, até ficarem saturadas. E o que fazer diante disso? Na verdade, a pergunta que deve ser feita, na maioria das vezes, é: o que eu deveria ter feito?

Nossas mentes são bombardeadas diariamente com informações, das mais variadas fontes e meios: televisão, rádio, revistas, jornais, até as mídias sociais são capazes de transmitir conteúdo relevante. Com essa avalanche de notícias, a ansiedade nos invade e faz com que desejemos tudo “pra ontem”, mas, no fim do dia ao chegarmos em casa, percebemos que deixamos muita coisa para amanhã. Trânsito, falta de tempo, cansaço, falta de dinheiro… Estamos sempre inventando desculpas para adiar nossos planejamentos. Soa incoerente, não?

Estamos sempre à espera do cenário perfeito, que nunca chega. E por quê? Porque nunca viveremos em um cenário assim. E, pelo contrário, a falta dele se torna o combustível para nosso trabalho, a motivação para a melhora de nossa gestão e, consequentemente, dos serviços prestados.

Só existe evolução através de um princípio básico: o de que se precisa evoluir. E acredito que todos nós temos vontade de ir adiante, chegar cada vez mais longe. Senão sequer estaríamos aqui hoje, com a ABMOTÉIS crescendo a cada dia.

Olhar para o horizonte e imaginar a conquista de trabalho para a qual dedicamos nossos dias, é fundamental para o sucesso. Enfrentamos problemas diariamente e, quando tudo parece caminhar para o cenário perfeito de uma gestão, imprevistos surgem para testar nossa capacidade. Por isso, os tempos difíceis são perfeitos para olharmos para trás e colocarmos em prática tudo aquilo que deixamos arquivados na gaveta do “deixa para amanha”.

O mundo moderno não permite que fiquemos de camarote, no aguardo do próximo capítulo, quando tudo se ajeita. Pelo contrário, nós quem somos protagonistas. Um exemplo disso é o de que, no capítulo passado, ao percebermos a necessidade de reformulação, nós, moteleiros, saímos de nossa zona de conforto. E o resultado disso é claramente visto.

E no capítulo de hoje, você tem feito tudo o que planeja ou deixa que a rotina do dia a dia atrapalhe suas realizações? Não se esqueça de que a história é escrita, diariamente, por cada um de nós!

Eusebio Ribeirinha
Diretor da Lorens Hotelaria e Presidente da ABMOTÉIS
eusebio@lorens.com.br

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *